A publicidade infantil desperta o desejo do consumidor, com base em identidades, utilizando estratégias para atrair a atenção. Assim, as crianças passam a acreditar que precisam daquilo que está sendo mostrado. Mas, ao contrário dos adultos, elas ainda não entendem a diferença entre necessidade e desejo e, por isso, na ausência do objeto desejado, sentem-se deprimidas e incapazes de conquistar seus objetivos.


A infância é um período indispensável e fundamental para a formação dos valores éticos e morais, por isso devemos nos atentar pedidos de nossos filhos.

Preencha seus dados!

Leia sobre o consumo infantil na matéria

completa da Revista Magnum!